segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Ações midiáticas


O diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, em apresentação do balanço das operações da Polícia Federal em 2009, afirmou que o objetivo da instituição tem sido evitar ações midiáticas e melhorar a qualidade das provas reunidas nas investigações.“Queremos trocar o impacto do momento de realização da operação pela condenação dos envolvidos. De nada adianta termos operações de grande visibilidade se a prova não tiver qualidade. Ela tem um efeito imediato na população, mas não surte resultado.”
COMENTO: O impacto e as ações midiáticas, independentemente das provas, devem persistir, pois, caso contrário, como é que a população poderá ter conhecimento pleno e irrestrito das operações. De acordo com a Carta Magna, o princípio da publicidade deve reger, sem exceção, toda a atividade da administração pública. Afinal, para que serve a Constituição?

Nenhum comentário: